A equipe de badminton de Americana conquistou, nesta segunda-feira (8), cinco medalhas, sendo quatro de ouro e uma de prata e, assim, encerra a participação na 63ª edição dos Jogos Regionais. A competição aconteceu na Praça de Esportes “Sebastião Barrera” (Rua Anhanguera, nº 1.325 – bairro Nova Americana).
Na categoria por equipes, formada pelos atletas Gabriel Panisio Flores; Rodrigo Pizzi; Marco Vasconcelos; e Hilton Santos, o time conquistou a medalha de ouro após vencer por três jogos a zero, os times de Araras e Itatiba. Em segundo lugar, ficou a equipe de Itatiba e, em terceiro, Santa Bárbara d’Oeste.
Na individual (simples), os atletas de Americana Marco e Gabriel, se enfrentaram e conquistaram medalha de ouro (Marco) e prata (Gabriel). Marco venceu o adversário por dois sets a zero.
Na categoria duplas, representada por Rodrigo e Marco, os atletas conquistaram uma medalha de ouro após vencer os representantes de Valinhos e Santa Bárbara d’Oeste, por dois sets a zero cada um.
A quarta medalha de ouro ficou com o técnico e também jogador, Rodrigo. Ele foi eleito o melhor técnico da modalidade pela somatória dos pontos da classificação da modalidade. Ao todo, competiram equipes das seguintes cidades: Santa Bárbara d’Oeste, Valinhos, Araras e Itatiba.
“Finalizamos os Jogos Regionais com bons resultados, fruto de muito treino e dedicação de cada um dos atletas da nossa equipe. Fiquei muito contente com a medalha de ouro, também, como melhor técnico”, comentou Rodrigo.

Americana soma 32 medalhas nos Jogos Regionais
Durante os seis primeiros dias de competições da 63ª edição dos Jogos Regionais, que começou quarta-feira (3), oito modalidades de Americana já conquistaram 32 medalhas, sendo 10 de ouro, 11 de prata e 11 de bronze. A modalidade que conquistou mais medalhas para Americana, até agora, é o atletismo, com 20 medalhas (sete de ouro; quatro de prata; e nove de bronze). As outras modalidades são: ciclismo (sete medalhas, sendo uma de ouro; quatro de prata; e duas de bronze); damas (medalha de ouro); futsal feminino (medalha de prata); biribol (medalha de prata) e natação ACD – atleta com deficiência (uma medalha de ouro e uma de prata). As competições seguem no município até o dia 13 de julho.